domingo, 19 de junho de 2011

Amor eterno

Amor sempre amor.
Que seja eterno em sua essência.
Que seja puro em sua matéria.
Que transcenda a razão e supere a distância
Que separa o físico do etéreo.
Amor, divino amor
Que habita a alma abençoada.
Amor que ilumina a vida
De quem o traz dentro de si
E salva da escuridão o coração cansado.
Amor que vai além do que os olhos podem ver.
Que não encontra palavra que o defina.
Que existe na renúncia e que ensina o perdão.
Amor que vive para sempre e deixa um rastro de saudade.
Amor que o tempo não apaga nem destrói.
Amor que alimenta a alma de esperanças no amanhã.
Amor incondicional.
Que se doa e nos eleva ao infinito.
Amor, eterno amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um trabalho em Equipe

Um trabalho em Equipe

As Crianças e a Literatura

As Crianças e a Literatura
A alegria de ler