terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Poesia no jardim 

Voz silenciosa
Que ainda flui em mim.
Poesia na janela...
Silêncio no jardim...
Amores impossíveis.
Paixões incorrigíveis.
Beijos inesquecíveis.
Silêncio na janela.
Poesia no jardim.
Lágrimas na parede
Insistem florescer.
Escrevem poesias,
Perpetuam as lembranças 
Em cada dia
A cada amanhecer.
Silêncio na janela
Vazio no jardim.
Poesia em você,
Saudades em mim.
Cotovelos na janela,
Olhos de esperança,
Sonhos em um jardim.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um trabalho em Equipe

Um trabalho em Equipe

As Crianças e a Literatura

As Crianças e a Literatura
A alegria de ler